Tibério Vargas Ramos
Currículo

Tibério Vargas Ramos
Nascido em setembro de 1948, em Alegrete (Rio Grande do Sul, Brasil), na fronteira com Argentina e Uruguai, o escritor do Sul Tibério Vargas Ramos tem dois romances, uma novela e livro de contos publicados.

Com longa carreira como jornalista, desde 1969, e de professor titular de Jornalismo e Relações Públicas, desde 1977, ele estreou na literatura somente em 2012 com o romance Acrobacias no Crepúsculo, publicado pela Editora AGE. Uma história com dois narradores, um veterano escritor e a estudante de Letras namorada do personagem, numa trama de aventura, família, divórcio, recomeço, dramática, irreverente e erótica, sucesso de vendas em livrarias e mega-stores de Porto Alegre.

No ano seguinte, a editora lançou mais dois livros antigos e inéditos do autor, a novela A Santa Sem Véu, dos anos 1980, e Contos do tempo da máquina de escrever, coletânea dos anos 1970. Histórias sarcásticas e sensuais, ambientadas em Porto Alegre, na fronteira e em praias do Sul.

Em 2015, a AGE publica o segundo romance do autor, Sombras Douradas. Os personagens da narrativa pós-moderna saem de uma velha Enciclopédia, na Europa, no século 16, e reaparecem em Porto Alegre, nas barras de rolagem do Facebook, no século 21. As duas histórias, uma ambientada na época do Renascimento e a outra na era da Tecnologia se misturam o tempo todo, como uma viagem na linha do tempo, com crítica social, cultural, discussão religiosa, costumes e erotismo.

Sou um homem do Sul. Brizolista no Brasil, Peronista na Argentina e Frente Ampla no Uruguai. Torcedor do Internacional de Porto Alegre, do River Plate em Buenos Aires, e do Peñarol em Montevidéu. Algumas definições, inúmeras dúvidas.


Desenvolvido por RaioZ.com Desenvolvido em Wordpress